ANBIMA - Debêntures Mantido por: ANBIMA
Ajuda | Fale Conosco | Mapa do Site
Buscar
· Registros na CVM · Emissões Instrução CVM nº 476 · AGDs e Comunicados · Notícias · Sites Úteis
Fitch Rebaixa Ratings da Liq para 'RD(bra)' 09/05/2019


A Fitch Ratings rebaixou, hoje, para 'RD(bra)', de 'CC(bra)', o Rating Nacional de Longo Prazo da Liq Participações S.A. (Liq) e de suas emissões de debêntures. A relação completa das ações de rating encontra-se ao final deste comunicado.

O rebaixamento reflete os múltiplos waivers temporários obtidos pela empresa para postergar o pagamento dos juros de sua primeira, terceira e quinta emissões de debêntures, bem como o não pagamento dos juros da sua segunda emissão de debêntures, devido a sua fraca liquidez e a sua incapacidade de refinanciar ou servir sua dívida por intermédio da sua geração de operacional de caixa. Até o momento, a Liq não tem sido bem sucedida no esforço de reestruturação de sua dívida, que, na opinião da Fitch, se ocorrer, deve resultar em alteração material das atuais condições para os credores da empresa.

Pelos critérios da Fitch, uma reestruturação representaria uma troca de dívida em situação crítica (Distressed Debt Exchange - DDE), sendo que sua desaprovação pelos debenturistas resultaria em um evento de inadimplência da Liq. A empresa passou pelo mesmo processo de reestruturação da dívida outras duas vezes, a primeira em dezembro de 2015 e em julho de 2017.

O perfil de crédito da Liq continua muito pressionado por sua fraca geração operacional de caixa. A companhia tem apresentado redução relevante de seus negócios, dentro de uma atividade na qual a escala é importante. Negativamente, a Liq apresenta forte concentração de sua receita junto à Oi S.A. (Oi) - que permanece com grandes desafios operacionais -, elevada alavancagem financeira e restrita flexibilidade financeira. O perfil de crédito da Liq também considera a dificuldade da companhia em diversificar a sua base de clientes, o ambiente competitivo do setor e a sua exposição ao crescimento de despesas com pessoal, no caso de aumentos salariais que não sejam integralmente repassados aos contratos, ou caso haja indenizações substanciais decorrentes da redução do quadro de funcionários.

PRINCIPAIS FUNDAMENTOS DO RATING

Inadimplência e Adiamento do Pagamento de Juros: A Liq busca uma nova reestruturação de sua dívida, por conta de sua incapacidade de honrar suas obrigações financeiras dentro das condições atuais. A empresa vem enfrentando importantes desafios operacionais, com relevante impacto negativo na sua geração operacional de caixa. Em 2018, EBITDA e EBITDAR ficaram negativos em BRL70 milhões e BRL3 milhões, respectivamente. Com isso, o fluxo de caixa das operações (CFFO) e o fluxo de caixa livre (FCF) também acabaram pressionados, ficando negativos em BRL63 milhões e BRL76 milhões no mesmo período.

A Liq convocou, pela terceira vez, uma Assembleia Geral de Debenturistas (AGD) para 9 de maio de 2019, a fim de prorrogar o pagamento dos juros vencidos de suas primeira, terceira e quinta emissões de debêntures, bem como alterar o cronograma do serviço da dívida das mesmas. Antes, a Liq já havia obtido waivers temporários para postergar o pagamento dos juros destas emissões, que venceriam, originalmente, em 15 de março de 2019. Além disso, convocou nova AGD, referente à segunda emissão de debêntures, para 17 de junho, a fim de deliberar sobre a decretação ou não do vencimento antecipado desta emissão em virtude do fim do período de cura dos juros, em 29 de março, que não haviam sido pagos em 15 de março.

RESUMO DA ANÁLISE

Não se aplica.

PRINCIPAIS PREMISSAS

- Acesso muito limitado a novos financiamentos
- Geração de caixa operacional insuficiente para servir o atual cronograma da dívida

SENSIBILIDADES DOS RATINGS

Desenvolvimentos que Podem, Individual ou Coletivamente, Levar a uma Ação de Rating Positiva Incluem:
Uma elevação dos ratings da Liq depende da retomada do pagamento do serviço da dívida atual ou da conclusão da reestruturação da dívida da empresa. A Fitch irá reclassificar a empresa e suas emissões dentro da nova premissa de vencimento das obrigações financeiras frente a uma nova expectativa de geração de fluxo de caixa.

Desenvolvimentos que Podem, Individual ou Coletivamente, Levar a uma Ação de Rating Negativa Incluem:

Pedido de recuperação judicial, que levaria ao rebaixamento dos ratings corporativos para 'D(bra)'.

LIQUIDEZ

Restrita Flexibilidade Financeira: Segundo as projeções da agência, a geração operacional de caixa da Liq seguirá fraca e a empresa não conseguirá honrar o atual cronograma de serviço da dívida. A Fitch acredita que a flexibilidade financeira da Liq permanecerá muito limitada e que a companhia não conseguirá acessar novas linhas de crédito enquanto não melhorar seus resultados operacionais ou renegociar sua dívida atual. Segundo o fluxo de amortização contratual, a maior parte da dívida vence em 2027, 2030 e 2035, enquanto o pagamento dos juros, previsto para começar em março de 2019, não foi realizado. Ao final de 2018, a Liq apresentava caixa e aplicações financeiras de BRL95 milhões frente a uma dívida de curto prazo de BRL217 milhões e dívida total ajustada de BRL1,8 bilhão, considerando as obrigações de aluguel, segundo os critérios da agência.

RELAÇÃO COMPLETA DAS AÇÕES DE RATING

A Fitch realizou as seguintes ações de rating:

Liq Participações S.A

- Rating Nacional de Longo Prazo rebaixado para 'RD(bra)', de 'CC(bra)';

- Rating Nacional de Longo Prazo da primeira emissão de debêntures rebaixado para 'RD(bra)', de 'CC(bra)';

- Rating Nacional de Longo Prazo da terceira emissão de debêntures rebaixado para 'RD(bra)', de 'CC(bra)';

- Rating Nacional de Longo Prazo da quinta emissão de debêntures rebaixado para 'RD(bra)', de 'CC(bra)'.



Imprimir o conteúdo Visualizar impressão Fonte: Fitch Ratings
24/05/2019
Fitch Atribui Rating 'AA(bra)' à Primeira Emissão da Omega Geração; Perspectiva Estável Fitch Ratings
Fitch Rebaixa e Retira Rating da 1ª Emissão de Debêntures da OR Fitch Ratings
23/05/2019
A CPFL Energias Renováveis comunica pagamento da 8ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Atribui 'AA(bra)' à 8ª Emissão de Debêntures da Ecorodovias; Perspectiva Negativa Fitch Ratings
22/05/2019
A CPFL Energias Renováveis comunica pagamento da 1ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Atribui Rating 'AA(bra)' à Proposta de 14ª Emissão de Debêntures da Copasa Fitch Ratings
21/05/2019
A CPFL Energias Renováveis comunica pagamento da 1ª emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
20/05/2019
Petrobras paga juros das Debêntures da 4ª Emissão B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Atribui Rating 'AA+(bra)' à Proposta de 11ª Emissão de Debêntures da Dasa Fitch Ratings
17/05/2019
Fitch Atribui Rating 'AA-(bra)' à Proposta de 8ª Emissão de Debêntures da Copel Fitch Ratings
A Sanesalto Saneamento comunica pagamento da 2ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
16/05/2019
Fitch Afirma Rating 'AA+(bra)' da Dasa; Perspectiva Estável Fitch Ratings
15/05/2019
A NEOENERGIA comunica Resgate Antecipado da 4ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
A Equatorial Energia comunica pagamento da 2ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
A COELBA comunica Resgate Antecipado da 9ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
A AES Tietê Energia comunica pagamento da 8ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
A Algar Telecom comunica pagamento da 5ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
A COMGÁS comunica pagamento da 7ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
14/05/2019
Fitch Atribui Rating 'AAA(bra)' à Proposta de Emissão de Debêntures da CPFL Renováveis Fitch Ratings
13/05/2019
A PBH Ativos comunica pagamento da 2ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
A BR Properties comunica pagamento da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª Séries da 12ª Emissão Pública de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
A BNDESPAR comunica pagamento da 3ª série da 6ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Eleva Rating da 3ª Emissão de Debêntures da BRK Manso Para 'AA(bra)'; Perspectiva Estável Fitch Ratings
10/05/2019
A Multiplan Empreendimentos Imobiliários comunica pagamento da 6ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Afirma e Retira Ratings das Debêntures de Lagoa 1 Fitch Ratings
09/05/2019
Fitch Rebaixa Ratings da Liq para 'RD(bra)' Fitch Ratings
Fitch Afirma Rating da Sonae Sierra Brasil em 'AA+(bra)'; Perspectiva Estável Fitch Ratings
07/05/2019
Fitch Altera Para Negativa Observação dos Ratings da 1ª Emissão de Debêntures da CRB Fitch Ratings
Fitch Atribui Rating 'AA(bra)' à Proposta de 9ª Emissão de Debêntures da Sanepar Fitch Ratings
06/05/2019
Fitch Afirma Rating 'AA(bra)' da Primeira Emissão de Debêntures da Delta 2 Energia Fitch Ratings
Fitch Afirma Ratings da 1ª Emissão de Debêntures de Viracopos em 'D(bra)' Fitch Ratings
03/05/2019
A Termelétrica Pernambuco III comunica pagamento das 1ª, 2ª, 3ª e 4ª séries da 1ª Emissão de Debênture B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Afirma Ratings da 1ª Emissão de Debêntures de Viracopos em 'D(bra)' Fitch Ratings
Fitch Afirma Rating 'AA(bra)' da Primeira Emissão de Debêntures da Delta 2 Energia Fitch Ratings
02/05/2019
Fitch Eleva Ratings da Saesa Para 'BBB-(bra)'; Perspectiva Positiva Fitch Ratings
Fitch Rebaixa Rating da 3ª Emissão de Debêntures da Econorte Para 'C(bra)' Fitch Ratings
Fitch Atribui Rating 'AA-(bra)' à 1ª Emissão de Debêntures da Cutia; Perspectiva Estável Fitch Ratings
A Elektro Redes comunica resgate total antecipado da 6ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
26/04/2019
Fitch Afirma Ratings 'AA(bra)' da Lojas Americanas e da B2W; Perspectiva Estável Fitch Ratings
Fitch Atribui Rating à Proposta de 2ª Emissão de Debêntures da XP Investimentos S.A. Fitch Ratings
25/04/2019
Correção: Fitch Atribui Rating 'AAA(bra)' à Proposta de Emissão de Debêntures da BR Malls Fitch Ratings
A Celpa comunica pagamento da 1ª e 2ª série da 5ª Emissão de debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA

« Notícias Anteriores | Próximas Notícias »

Ao obter informações através deste site você declara conhecer e aceitar os termos de exoneração de responsabilidades e de direitos autorais da ANBIMA.