ANBIMA - Debêntures Mantido por: ANBIMA
Ajuda | Fale Conosco | Mapa do Site
Buscar
· Registros na CVM · Emissões Instrução CVM nº 476 · AGDs e Comunicados · Notícias · Sites Úteis
Fundos têm recuperação e captam R$ 85 bi em 2009 10/12/2009

O ano de 2009 foi de recuperação para os fundos de investimento. Depois de amargar resgates na casa dos R$ 60 bilhões em 2008, a menos de um mês do fechamento do ano, o setor já registrava captação líquida de R$ 84,9 bilhões, aponta levantamento da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA) até o dia 4 de dezembro.

O número impressiona. Em termos absolutos, é o maior desde 2000, mas em relação ao patrimônio representa uma expansão de 7,63%. Em 2006, os fundos atraíram R$ 68,4 bilhões, o equivalente a 9,26% do patrimônio. O desempenho em 2003 foi ainda melhor, com a captação líquida (R$ 61,5 bilhões) representando 17,28% dos ativos sob gestão. Vale destacar que, quanto maior a base, menor tende a ser o crescimento percentual.

Parte dos mais de R$ 80 bilhões que entraram em fundos neste ano é dinheiro que saiu em 2008, destaca o sócio e economista da Modal Asset Management, Alexandre Póvoa. "Este ano foi marcado pela volta à normalidade", afirma.

Póvoa lembra que 2008 foi muito ruim para os fundos. Além do impacto negativo da crise financeira no desempenho das carteiras, especialmente as de maior risco, a restrição da liquidez internacional puxou para cima as taxas dos Certificados de Depósito Bancários (CDBs), acirrando a concorrência. Já neste ano, segundo o economista, com a melhora do ambiente econômico, a boa performance dos fundos e o vencimento de parte dos CDBs, o investidor voltou.

Marcos Villanova, diretor da área de investimentos do Bradesco, minimiza a saída de dinheiro dos fundos em 2008. Segundo ele, o volume de resgates foi relevante, especialmente no segundo semestre, mas porque grandes investidores foram atraídos pela alta de pelo menos 5 pontos percentuais nas taxas pagas pelos bancos nos CDBs. "Não tivemos um efeito manada", afirma.
Neste ano, compara, com as taxas dos CDBs se ajustando aos níveis pré-crise, não houve fuga de grandes investidores. "Os fundos voltaram à normalidade", reitera. Além disso, Villanova destaca a retomada do crescimento do patrimônio, estimulada pela rentabilidade de ativos como a bolsa. No acumulado de 2009 até o dia 4, o patrimônio cresceu 18,7%, de R$ 1,135 trilhão para R$ 1,347 trilhão.

Com a bolsa subindo e o juro baixo, Póvoa esperava que houvesse uma maior migração de fundos conservadores para multimercados e carteiras de ações. "Isso pode ser explicado pelo trauma vivido pelos investidores no ano passado", diz. Para ele, essa migração pode ganhar mais força daqui para frente.

Neste ano, os fundos multimercados são destaque de captação, com R$ 33 bilhões, até o dia 4. Um terço desses recursos, segundo a ANBIMA, refere-se à movimentação de um fundo exclusivo e à transformação de uma carteira administrada em multimercado. Já os fundos de ações atraíram R$ 2 bilhões.

Para o superintendente de alocação de recursos do Banco Fator, Marcelo Figueiredo, como o investidor tende a olhar para os resultados passados, os multimercados têm tudo para ter mais um ano positivo e até melhor em termos de captação. "Depois de 12 meses acima do CDI, tem muito investidor que começa a considerar entrar na aplicação."

O economista da LLA Investimentos, Sergio Manuel Correia, ressalta ainda que ainda tem muito dinheiro preso em CDBs e outros instrumentos de renda fixa. Como as taxas para a renovação caíram, é natural que, à medida que esses títulos forem vencendo, parte do dinheiro seja direcionado para os fundos de investimento, especialmente os de maior potencial de retorno. "Para 2010, o movimento de captação dos fundos deve se manter e os multimercados tendem a continuar se destacando", diz.

Póvoa, do Modal, cita ainda o vencimento no ano que vem de títulos públicos. Ele cita o exemplo da NTN-B, papel indexado à inflação que costuma integrar as carteiras dos fundos de pensão. "No vencimento desses títulos, as fundações vão ter de buscar alternativas para bater a meta atuarial e isso pode representar um fluxo adicional para os multimercados."

Na opinião de Póvoa, os fundos mais conservadores, como os DI e renda fixa, podem voltar a captar. Ele lembra que, em 2008, essas carteiras tiveram desempenho ruim porque, com o juro baixo, as altas taxas de administração corroeram parte do retorno. Este ano, segundo ele, já houve um ajuste nos custos. A concorrência dos CDBs também diminui.

Os fundos de renda fixa acumulam captação líquida de R$ 13,3 bilhões no ano até dia 4. Já os DI registram resgates de R$ 4,9 bilhões. No Bradesco, segundo Villanova, os fundos DI foram os que mais captaram neste ano.

Imprimir o conteúdo Visualizar impressão Fonte: Valor Econômico – Alessandra Bellotto
22/02/2010
País é o que menos investe entre as maiores economias FOLHA DE S. PAULO – Pedro Soares
ANBIMA apresenta ranking de Fusões e Aquisições em coletiva à imprensa Informativo ANBIMA
AGE da 5ª Emissão de Debêntures quirografárias, simples, não-conversíveis em ações da Telemar Norte Leste S.A. Valor Econômico – Elaborado por ANBIMA/GETEC
19/02/2010
ETH Bioenergia prevê expansão acelerada e abertura de capital Fonte: Valor Econômico - Fabiana Batista
Credit Suisse planeja criar novos fundos Fonte: Valor Econômico - Cristiane Perini Lucchesi
BC estuda proposta para criar mercado de moedas no Brasil Fonte: Valor Econômico - Cristiano Romero, de Brasília
18/02/2010
Aquisição: CSN e Camargo optam por linhas na moeda brasileira, porque liquidez é grande Fonte: Valor Econômico
Brasil quer ser polo financeiro regional Fonte: Valor Econômico
Fundos de participação já captaram R$ 328,9 mi este ano Fonte: DCI
17/02/2010
Concessionárias da OHL Brasil farão emissão DCI
Caixa diversifica as fontes de captação Valor Econômico - Fernando Travaglini, de São Paulo
12/02/2010
Anatel dá novo aval à compra da BrT pela Oi Folha de São Paulo
Infraestrutura: BNDESPar sai do controle da Inepar e vende ações na bolsa Valor Econômico
11/02/2010
Comissão de Benchmarks propõe mudanças na metodologia do IMA ANBIMA
Operações devem atingir nível recorde neste ano Valor Econômico - Vera Saavedra Durão
10/02/2010
Mercado de capitais impulsiona resultado Valor Econômico - Fernando Travaglini e Eduardo Laguna
09/02/2010
Bancos brasileiros tomam conta de emissões DCI
08/02/2010
Metade dos títulos de renda fixa foi vendida a investidor em 2009 Cristiane Perini Lucchesi e Carolina Mandl
Emissões de debêntures crescerão até 20% com infraestrutura e fusões Cristiane Perini Lucchesi e Carolina Mandl
BNDES garante internacionalização do grupo JBS Jornal do Commercio - Nicola Pamplona e Adriana Chiarini
05/02/2010
FGV divulga IGP-DI de janeiro de 2010 Ibre/FGV – Elaborado por ANBIMA
IBGE divulga IPCA de janeiro de 2010 Ibre/IBGE – Elaborado por ANBIMA
Errata do edital de convocação da AGE da Inepar S/A Indústria e Construções Valor Econômico – Elaborado por ANBIMA
04/02/2010
Edital de Convocação de AGD da 1ª emissão de debêntures da Andrade Gutierrez Participações S/A Valor Econômico – Elaborado por ANBIMA
03/02/2010
Oi suspende emissão por conta de dúvidas sobre Brasil Telecom DCI
Debêntures da MRV Valor Econômico
Construção civil recupera terreno DCI
Comunicado ao Mercado da Telemar Norte Leste S/A Valor Econômico – Elaborado por ANBIMA
Edital de Convocação de AGD da 2ª emissão de debêntures da Buettner S/A Indústria e Comércio Valor Econômico – Elaborado por ANBIMA
Quadro com as debêntures mais negociadas no mês ANBIMA
02/02/2010
Empresas emitem renda fixa para aproveitar o juro baixo DCI
Oi suspende debênture de R$ 2,3 bi Valor Econômico - Carolina Mandl
JBS conclui processo de capitalização Valor Econômico - Eduardo Laguna
Anúncio de Encerramento de Distribuição da 2ª emissão de debêntures da Brookfield Incorporações S/A Valor Econômico – Elaborado por ANBIMA
Aviso ao Mercado da MRV Engenharia e Participações S/A Valor Econômico – Elaborado por ANBIMA
01/02/2010
Associação integra seus escritórios no Rio de Janeiro Informativo ANBIMA
Ata de AGD da 6ª emissão de debêntures da Net Serviços de Comunicação S/A Valor Econômico – Elaborado por ANBIMA
29/01/2010
BNDES apoiará ofertas de ações O Estado de São Paulo - Alexandre Rodrigues e Adriana Chiarini
Brookfield consegue R$ 366 mi em oferta Valor Econômico - Carolina Mandl
JBS adia a oferta de ações nos EUA Valor Econômico
Trisul capta R$ 300 mi para financiar 4 mil habitações DCI
28/01/2010
FGV divulga IGP-M de janeiro de 2010 Ibre/FGV – Elaborado por ANBIMA
Caixa financia 4 mil unidades em São Paulo O Estado de São Paulo - Edna Simão
Anúncio de Início de Distribuição Pública de Debêntures da 2ª emissão da Brookfield Incorporações Valor Econômico – Elaborado por ANBIMA
27/01/2010
Construtoras usarão captação na Bolsa para crescer este ano DCI
Carteira de crédito privado da BRZ volta a pagar resgates Valor Econômico - Luciana Monteiro
26/01/2010
Sabesp aprova debêntures de R$ 900 milhões Valor Econômico - Carolina Mandl
25/01/2010
Nova captação Valor Econômico
Cteep encerra emissão de R$ 548 milhões DCI
Indústria promete ser principal alvo do crédito DCI
Novo balanço da Sabesp reduz lucro em R$ 1 bi Valor Econômico - Fernando Torres
Edital de Convocação da Inpar S/A Valor Econômico – Elaborado por ANBIMA
Edital de Convocação de AGD da 2ª emissão de debêntures da Bradespar Valor Econômico – Elaborado por ANBIMA

« Notícias Anteriores | Próximas Notícias »

Ao obter informações através deste site você declara conhecer e aceitar os termos de exoneração de responsabilidades e de direitos autorais da ANBIMA.