ANBIMA - Debêntures Mantido por: ANBIMA
Ajuda | Fale Conosco | Mapa do Site
Buscar
· Registros na CVM · Emissões Instrução CVM nº 476 · AGDs e Comunicados · Notícias · Sites Úteis
Fitch Afirma e Retira Ratings das Debêntures de Lagoa 1 10/05/2019


A Fitch Ratings afirmou, hoje, o Rating Nacional de Longo Prazo 'AA-(bra)' (AA menos (bra)), com Perspectiva Estável, da primeira emissão de debêntures de Lagoa 1 Energia Renovável S.A. (Lagoa 1), no montante de BRL46,2 milhões, com vencimento em março de 2029. Na sequência, a agência o retirou, por razões comerciais.

PRINCIPAIS FUNDAMENTOS DO RATING

O rating das debêntures de Lagoa 1 reflete a qualidade de crédito da Neoenergia S.A. (Neoenergia), única acionista e garantidora do projeto. A Neoenergia garante todo o pagamento de principal e juros das debêntures até seu vencimento final. Além disso, a emissão conta com cláusulas de vencimento antecipado relacionadas a um eventual pedido de recuperação judicial ou falência da garantidora. A Fitch não recebeu informações suficientes do emissor para formar uma opinião sobre a qualidade de crédito da emissão sem considerar a existência da garantia.

SENSIBILIDADES DO RATING

A Fitch não mais proverá cobertura analítica ou ratings para este emissor e para esta emissão.

PERFIL DO PROJETO

Lagoa 1 é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) operacional que detém o direito de exploração de um parque eólico na Paraíba e possui 100% do controle acionário das SPEs Lagoa 2 Energia Renovável S.A. (Lagoa 2) e Canoas Energia Renovável S.A. (Canoas), que detêm o direito de exploração de outros dois parques eólicos no mesmo estado.

Os parques eólicos das SPEs Lagoa 1, Lagoa 2 e Canoas têm, juntos, capacidade instalada de 94,5 MW e estão localizados nas cidades de Santa Luzia, São José do Sabugi e Junco do Seridó. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou as SPEs Lagoa 2 e Canoas a entrarem em operação comercial em 30 de setembro de 2017 e a SPE Lagoa 1, em 31 de outubro de 2017. Ou seja, 15 e 16 meses, respectivamente, antes das obrigações estabelecidas nos Contratos de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado (CCEARs).

As SPEs venderam energia por meio do Leilão de Energia Nova (LEN) A-5, realizado em 2014, a uma tarifa-base de BRL141,32/MWh (preço de novembro de 2014), ajustada anualmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Os CCEARs preveem entrega anual de 48,8 MW médios, volume inferior à garantia física de 53,9 MW médios. No ano de 2018, os parques geraram um montante consolidado de energia equivalente a 78% do P50 e 90% do P90, estimado pela certificadora Barlovento Recursos Naturales S.L.

A Gamesa Eólica Brasil Ltda. é a fornecedora de 45 aerogeradores G114 - 2,1 MW e responsável pela operação e manutenção (O&M) dos parques até março de 2020. Após esta data, será necessário celebrar um contrato de O&M com prazo mínimo de cinco anos.


Imprimir o conteúdo Visualizar impressão Fonte: Fitch Ratings
21/02/2020
Fitch Eleva Rating de Debêntures da Moura Dubeux para ‘BBB-sf(bra)’; Perspectiva Estável Fitch Ratings
Fitch Eleva Rating da 2ª Emissão de Debêntures da Paranaíba Para ‘AAA(bra)’; Perspectiva Estável Fitch Ratings
Fitch Retira Rating da 1ª Emissão de Debêntures da Extremoz Fitch Ratings
20/02/2020
Fitch Afirma Rating 'AAA(bra)' da 1ª Emissão de Debêntures da Porto Primavera Transmissora Fitch Ratings
Fitch Afirma Rating 'A+(bra)' das Debêntures da Voltalia SMG; Perspectiva Estável Fitch Ratings
Aviso aos debenturistas da 11ª emissão de debentures simples, não conversíveis em ações, série única da JSL B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Eleva Rating da Moura Dubeux para ‘BBB-(bra)’; Perspectiva Estável Fitch Ratings
17/02/2020
Fitch Afirma Rating ‘AAA(bra)’ da Raia Drogasil; Perspectiva Estável Fitch Ratings
Petrobras paga juros das debêntures da 5ª emissão B3 – Elaborado por ANBIMA
Aviso aos debenturistas da ª série, 4ª emissão de debêntures não conversíveis em ações B3 – Elaborado por ANBIMA
Aviso aos debenturistas da 1ª série, 4ª emissão de debêntures não conversíveis em ações B3 – Elaborado por ANBIMA
A AES Tietê Energia comunica pagamento da 2ª série da 7ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
A CTEEP comunica pagamento da 5ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
Pagamento de Juros e Amortização da 3ª Emissão de Debêntures da CEMIG B3 – Elaborado por ANBIMA
Aviso aos debenturistas da 7ª (sétima) emissão privada - Energisa B3 – Elaborado por ANBIMA
Aviso aos Debenturistas da 7ª Emissão de Debêntures da MRS Logística B3 – Elaborado por ANBIMA
14/02/2020
Fitch Atribui Rating 'AAA(bra)' à 1ª Emissão de Debêntures da TSM; Perspectiva Estável Fitch Ratings
A Sanesalto Saneamento comunica pagamento da 3ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
13/02/2020
A PBH Ativos comunica pagamento da 2ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
A BR Properties comunica pagamento da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª Séries da 2ª Emissão B3 – Elaborado por ANBIMA
A Renner comunica pagamento da 7ª Emissão de Debêntures B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Afirma Rating ‘C(bra)’ da 3ª Emissão de Debêntures da Econorte Fitch Ratings
11/02/2020
Fitch Coloca Ratings ‘BB’ e ‘AA(bra)’da 2ª Emissão de Debêntures da Entrevias em Observação Negativa Fitch Ratings
06/02/2020
Pagamento de juros da 1ª, 2ª, 3ª e 4ª séries da 1ª emissão da Termelétrica Pernambuco B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Rebaixa Rating da 1ª Emissão de Debêntures da Epesa para ‘A-(bra)’; Perspectiva Estável Fitch Ratings
04/02/2020
Fitch Atribui Rating 'AAA(bra)' à 1ª Emissão de Debêntures da Este; Perspectiva Estável Fitch Ratings
31/01/2020
Fitch Afirma Ratings ‘A(bra)’ do Mateus; Perspectiva Estável Fitch Ratings
29/01/2020
Fitch Afirma Rating ‘AA+(bra)’ da 1ª Emissão de Debêntures de Cantareira Fitch Ratings
28/01/2020
Fitch Atribui Rating ‘AA(exp)(bra)’ à Proposta de 2ª Emissão de Debêntures da ViaRondon Fitch Ratings
Fitch Afirma Rating ‘AAA(bra)’ da NTS; Perspectiva Estável Fitch Ratings

« Notícias Anteriores | Próximas Notícias »

Ao obter informações através deste site você declara conhecer e aceitar os termos de exoneração de responsabilidades e de direitos autorais da ANBIMA.