ANBIMA - Debêntures Mantido por: ANBIMA
Ajuda | Fale Conosco | Mapa do Site
Buscar
· Registros na CVM · Emissões Instrução CVM nº 476 · AGDs e Comunicados · Notícias · Sites Úteis
Fitch Mantém Ratings da AES Tietê Energia em Observação Negativa 08/04/2020

Fitch Ratings - Rio de Janeiro - 08 Apr 2020: A Fitch Ratings manteve em Observação Negativa o Rating Nacional de Longo Prazo 'AA+(bra)' (AA mais (bra)) da AES Tietê Energia S.A. (Tietê) e de sua nona emissão de debêntures quirografárias, no montante de BRL2,2 bilhões.
A Observação Negativa permanece baseada na proposta de combinação de negócios enviada pela Eneva S.A. (Eneva) à Tietê, na qual a proponente objetiva a aquisição das ações desta última por meio da entrega de ações ordinárias por ela emitidas aos acionistas da Tietê, que passariam a deter 22,58% do capital social da Eneva. A proposta, que abrange, ainda, o pagamento de cerca de BRL2,8 bilhões aos acionistas da Tietê, precisa ser submetida pela administração da empresa à assembleia geral de acionistas até o final de maio de 2020.
No entender da Fitch, a combinação da Tietê com a Eneva, se concluída da forma proposta, levaria a alavancagem financeira consolidada das empresas para uma faixa de 4,0 vezes a 5,0 vezes nos próximos dois anos — o que não é condizente com o rating atual da Tietê. Pelo cenário-base assumido, que pode acarretar o rebaixamento da classificação da emissora em um grau, a Eneva utilizará uma combinação de caixa existente e nova dívida a ser emitida para efetuar o pagamento aos acionistas da Tietê. Caso o valor final a ser desembolsado, após potenciais negociações entre as partes, fique acima do inicialmente proposto, a Fitch avaliará se este montante pressionará ainda mais o rating da Tietê. Da mesma forma, um menor esforço financeiro da Eneva para concluir a transação poderá ser avaliado positivamente.
A agência reconhece que a proposta leva ao fortalecimento da base de negócios do novo grupo econômico em relação aos perfis individuais de ambas as empresas, considerando o porte a ser assumido em termos de capacidade de geração de energia, a maior diversificação de ativos e a complementaridade das fontes de energia. No entanto, entende que esta melhora é insuficiente para neutralizar o efeito da deterioração do perfil financeiro consolidado a curto prazo. Em bases combinadas, a capacidade instalada em operação do grupo passaria para 5,5 GW, com 3,3 GW provenientes, sobretudo, das usinas hidrelétricas e dos parques eólicos da Tietê, e 2,2 MW das usinas termelétricas a gás e a carvão da Eneva.
Os ratings atuais da Tietê refletem seu forte perfil de crédito, em bases individuais. Este considera a sua relevante base de ativos de geração de energia elétrica no Brasil, o baixo a moderado risco de seu negócio e o longo histórico de relevante geração de caixa operacional, mesmo em cenários hidrológicos desfavoráveis. Na visão da Fitch, a empresa deverá apresentar um pico de alavancagem financeira e maior pressão de liquidez em 2020, mas será capaz de voltar a reportar indicadores em patamares robustos e condizentes com a sua classificação a partir de 2021. Nos próximos anos, a Tietê tem como importante desafio incrementar sua base de ativos de geração, a fim de compensar, ainda que parcialmente, o vencimento das concessões da maioria de suas geradoras hidrelétricas — em 2029 —, ao mesmo tempo em que deverá permanecer, no entender da agência, com forte pagamento de dividendos, sem pressionar seu perfil financeiro.

PRINCIPAIS FUNDAMENTOS DO RATING

Pressão Negativa na Alavancagem Financeira: As projeções da Fitch indicam que o índice dívida líquida/EBITDA da Tietê e da Eneva, em base combinada, ficaria pouco acima de 5,0 vezes em 2020 e de 4,0 vezes em 2021, frente à expectativa de que a Tietê gerenciaria este índice, em bases individuais, em cerca de 4,3 vezes e 3,2 vezes, respectivamente. O pico de alavancagem da Tietê em 2020 é decorrente da queda esperada no volume da sua energia contratada e do menor preço médio da energia ainda a ser comercializada, ambos prejudicados pelo efeito do coronavírus na economia. A potencial liquidação de sua obrigação de cerca de BRL1,0 bilhão junto à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) neste ano também contribui para esta avaliação.
Os índices combinados projetados consideram sinergias advindas de aproveitamento fiscal e retenção de dividendos de cerca de BRL700 milhões no somatório dos dois anos. Nos últimos três anos e em base ajustada, excluindo do caixa o saldo pendente de regularização junto à CCEE ao final de cada ano, a alavancagem líquida da Tietê ficou entre 3,4 vezes e 3,8 vezes. A empresa necessita manter este índice limitado a 3,5 vezes (3,85 vezes por até 36 meses em caso de aquisições), segundo seus cálculos, para não descumprir os covenants financeiros de algumas dívidas.
Fortalecimento do Perfil de Negócios: A combinação dos ativos da Tietê e da Eneva tornaria a empresa consolidada o segundo maior grupo privado em geração de energia no Brasil e proporcionaria melhor perfil de negócios, por meio da maior diversificação de ativos e de fontes de geração de energia. Considerando os projetos em desenvolvimento, a capacidade instalada total chegaria a 6,4 MW em 2023, frente aos 3,3 GW atuais da Tietê. Esta capacidade seria composta, principalmente, por 2,7 GW em usinas hidrelétricas, 2,8 GW em usinas termelétricas e 631 MW em parques eólicos, com redução do risco hidrológico individual da Tietê.
Fluxo de Caixa Administrável: A Fitch acredita que a Tietê, em base individual, será capaz de gerenciar uma queda no EBITDA e uma pressão mais acentuada em seu fluxo de caixa em 2020. A receita líquida de BRL1,8 bilhão e o EBITDA de BRL929 milhões consideram um volume de 1.247 MW médios vendidos, provenientes de sua geração hídrica e de contratos de compra de energia, a um preço médio de BRL147/MWh, além de vendas de energia advindas de outras fontes. A empresa iniciou o ano com 21% e 29% de sua energia assegurada descontratada para 2020 e 2021, respectivamente, o que a expõe aos preços do mercado de curto prazo, que
tiveram forte redução como resultado da crise do coronavírus.
O fluxo de caixa livre (FCF) da Tietê deverá ser negativo em cerca de BRL1,1 bilhão em 2020, pressionado também pelo aumento das necessidades de capital de giro em BRL1,2 bilhão, em decorrência da desaceleração econômica causada pelo coronavírus e do pagamento à CCEE. O cenário-base da Fitch estima BRL1,1 bilhão em investimentos ao longo dos próximos três anos (BRL177 milhões em 2020), além de dividendos correspondentes a 95% do lucro líquido. A agência considerou, ainda, um GSF (Generation Scalling Factor) de 0,84 para este ano.

SENSIBILIDADE DOS RATINGS

Fatores Que Podem, Individual ou Coletivamente, Levar a Uma Ação de Rating Positiva Incluem:
-- A Observação Negativa dos ratings da Tietê será removida se a combinação de seus negócios com a Eneva não se concretizar.
Caso os negócios das duas empresas não sejam combinados, os seguintes fatores passariam a ser considerados para a elevação dos ratings da Tietê:
-- Fortalecimento da base de ativos da companhia;
-- Índice dívida líquida/EBITDA igual ou abaixo de 2,5 vezes, em bases consistentes;
-- Melhora da posição de liquidez após o pagamento da obrigação junto à CCEE.
Fatores Que Podem, Individual ou Coletivamente, Levar a Uma Ação de Rating Negativa Incluem:
-- Os ratings da Tietê poderão ser rebaixados se a combinação de seus negócios com a Eneva se concretizar.
Caso os negócios das duas empresas não sejam combinados, os seguintes fatores passariam a ser considerados para o rebaixamento dos ratings da Tietê:
-- Investimentos relevantes, aquisições ou desempenho operacional atualmente fora do cenário-base da Fitch, que resultem em alavancagem líquida consistentemente acima de 3,5 vezes;
-- Deterioração do perfil de liquidez da companhia.

PRINCIPAIS PREMISSAS

As principais premissas da Fitch, de acordo com o cenário-base da Tietê, incluem:
-- GSF de 0,84 em 2020 e 2021;
-- Investimentos totais de BRL1,5 bilhão de 2020 a 2023;
-- Pagamentos de dividendos correspondentes a 95% do lucro líquido da companhia;
-- Pagamento integral, em 2020, do saldo devedor na CCEE, de BRL1,0 bilhão;
-- Para a combinação de negócios, foram consideradas a atual proposta e a ausência de pagamentos de dividendos até 2022.

RESUMO DA ANÁLISE
O rating da Tietê está um grau abaixo dos de outras duas geradoras de energia avaliadas pela Fitch, a Engie Brasil Energia S.A. (Engie) e a Aliança Geração de Energia S.A. (Aliança), ambas classificadas com o Rating Nacional de Longo Prazo 'AAA(bra)', Perspectiva Estável. Em termos operacionais, a Engie apresenta maior porte e base de ativos mais diversificada, com 9.072 MW de capacidade instalada em operação ou em construção. Além disso, a empresa também registra maior grau de proteção contra o risco hidrológico, por meio da contratação de seguros. No caso da Aliança, esta tem menor porte, com 1.257 MW de capacidade instalada, constituída,
principalmente, por usinas hidrelétricas, e apresenta exposição ao risco hidrológico em linha com a da Tietê.
Em termos financeiros, a Fitch tem como expectativa que tanto a Engie quanto a Aliança manterão menor alavancagem financeira líquida que a Tietê, com posição de caixa superior à dívida no caso da Aliança, na ausência de aquisições, e abaixo de 3,5 vezes no cenário-base da Engie. Esta última também apresenta maior flexibilidade financeira que a Tietê, enquanto o FCF da Aliança deve permanecer positivo, ao contrário das expectativas da agência para a Tietê e para a Engie.

LIQUIDEZ E ESTRUTURA DA DÍVIDA

Forte Flexibilidade Financeira: A Tietê possui acesso a diversas fontes de financiamento, ao mesmo tempo em que tem administrado com eficiência o cronograma de vencimento de sua dívida, com apenas BRL463 milhões a curto prazo. Ao final de 2019, a posição de caixa e aplicações financeiras da companhia era forte (BRL1,4 bilhão), mas cerca de BRL1,0 bilhão lastreiam uma potencial necessidade de pagamento junto à CCEE, decorrente da não liquidação das obrigações de aquisição de energia no mercado de curto prazo para o cumprimento dos seus contratos de venda. Durante um período até fevereiro de 2018, a empresa não efetuou estes pagamentos, amparada por uma liminar. Ainda que esteja prevista esta relevante redução das reservas de caixa, a Tietê deve continuar preservando sólida posição de caixa, a fim de sustentar o esperado FCF negativo, bem como coberturas de sua dívida de curto prazo superiores a 1,0 vez. A dívida total, de BRL4,3 bilhões no final de 2019, era composta integralmente por debêntures.

INFORMAÇÕES REGULATÓRIAS:

A presente publicação é um relatório de classificação de risco de crédito, para fins de atendimento ao artigo 16 da Instrução CVM nº 521/12.
As informações utilizadas nesta análise são provenientes da AES Tietê Energia S.A.
A Fitch adota todas as medidas necessárias para que as informações utilizadas na classificação de risco de crédito sejam suficientes e provenientes de fontes confiáveis, incluindo, quando apropriado, fontes de terceiros. No entanto, a Fitch não realiza serviços de auditoria e não pode realizar, em todos os casos, verificação ou confirmação independente das informações recebidas.

Histórico dos Ratings:

Data na qual a classificação em escala nacional foi emitida pela primeira vez: 11 de abril de 2019.
Data na qual a classificação em escala nacional foi atualizada pela última vez: 5 de março de 2020.
A classificação de risco foi comunicada à entidade avaliada ou a partes a ela relacionadas, e o rating atribuído não foi alterado em virtude desta comunicação.
Os ratings atribuídos pela Fitch são revisados, pelo menos, anualmente.
A Fitch publica a lista de conflitos de interesse reais e potenciais no Anexo X do Formulário de Referência, disponível em sua página na Internet, no endereço eletrônico: https://assets.ctfassets.net/03fbs7oah13w/2y4eAPivUDC9IMH18RVqWF/7fea33f5d3601f5c1d63943184ac98cf/CVM_Formulario_Referencia_2019_

Para informações sobre possíveis alterações na classificação de risco de crédito veja o item: Sensibilidade dos Ratings.
Informações adicionais estão disponíveis em 'www.fitchratings.com' e em 'www.fitchratings.com/site/brasil'.

Imprimir o conteúdo Visualizar impressão Fonte: Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
03/06/2020
Fitch Atribui Rating ‘AA(bra)’ à Proposta de 15ª Emissão de Debêntures da Lojas Americanas Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
02/06/2020
Fitch Atribui Rating 'AA(bra)' à Primeira Emissão de Debêntures da Norte Energia Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
Fitch Afirma Ratings de Operações Com Risco VLI; Perspectiva Estável Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA TERCEIRA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA IGUÁ SANEAMENTO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
01/06/2020
ATA ASSEMBLEIA GERAL DOS DEBENTURISTAS DA PRIMEIRA E DA SEGUNDA SÉRIE DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INBRANDS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA ASSEMBLEIA GERAL DOS DEBENTURISTAS DA SEGUNDA SÉRIE DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INBRANDS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA ASSEMBLEIA GERAL DOS DEBENTURISTAS DA PRIMEIRA SÉRIE DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INBRANDS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
29/05/2020
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 1ª SÉRIE DA 2ª EMISSÃO DA COMPANHIA EQUATORIAL PIAUÍ DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
28/05/2020
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 1ª SÉRIE DA 2ª EMISSÃO DA COMPANHIA EQUATORIAL PIAUÍ DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA COMPANHIA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA COMPANHIA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 1ª (PRIMEIRA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA TERMELÉTRICA PERNAMBUCO III S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 1ª (PRIMEIRA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA TERMELÉTRICA PERNAMBUCO III S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Atribui Rating ‘AAA(bra)’ à Proposta de 9ª Emissão de Debêntures da Iguatemi Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
26/05/2020
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 7ª EMISSÃO PRIVADA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA COMPANHIA KLABIN S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
22/05/2020
Fitch Rebaixa Rating da 3ª Emissão de Debêntures da Itarema Para 'BBB+(bra)'; Perspectiva Estável Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
Fitch Atribui Rating ‘AA(bra)’ à Proposta de 14ª Emissão de Debêntures da Lojas Americanas Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
Fitch Afirma Rating ‘AA(bra)’ da Omega Geração; Perspectiva Estável Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
21/05/2020
SELF IT ACADEMIAS HOLDING S.A. EDITAL DE PRIMEIRA CONVOCAÇÃO AOS DEBENTURISTAS DA 2ª (SEGUNDA) EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES B3 – Elaborado por ANBIMA
TRIÂNGULO DO SOL AUTO ESTRADAS S.A. ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 5ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES B3 – Elaborado por ANBIMA
Assembleia Geral de Debenturistas realizada em 28 de maio de 2020 2ª Emissão de Debêntures da Self It Academias Holding S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
20/05/2020
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 11ª EMISSÃO DE DEBENTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, SÉRIE ÚNICA B3 – Elaborado por ANBIMA
Petrobras paga juros das debêntures da 4ª emissão B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 13ª EMISSÃO DE DEBENTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 14ª EMISSÃO DE DEBENTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, SÉRIE ÚNICA B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Coloca Rating da 2ª Emissão de Debêntures da PBH Ativos S.A. em Observação Negativa Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
19/05/2020
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA COPEL TELECOMUNICAÇÕES S/A B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 5ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA COPEL DISTRIBUIÇÃO S/A B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA COPEL GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S/A B3 – Elaborado por ANBIMA
18/05/2020
ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE TITULARES DE DEBÊNTURES SIMPLES DA 2ª EMISSÃO, EM SÉRIE ÚNICA, DA SUGOI S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA TERCEIRA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA IGUÁ SANEAMENTO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA TERCEIRA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA IGUÁ SANEAMENTO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
15/05/2020
Fitch Afirma Rating ‘AA+(bra)’ da 3ª Emissão de Debêntures de Ferreira Gomes; Perspectiva Estável Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 1ª E 2ª SÉRIES DA 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES DA TRANSMISSORA ALIANÇA DE ENERGIA ELÉTRICA S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 24ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES, 1ª E 2ª SÉRIE, DA COMPANHIA ELETROPAULO METROPOLITANA ELETRICIDADE DE SÃO PAULO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 1ª SÉRIE DA 7ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES DA COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO – COMGÁS B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 5ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES DA COMPANHIA TRIÂNGULO DO SOL AUTO-ESTRADAS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 1ª SÉRIE DA 8ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES DA COMPANHIA AES TIETÊ ENERGIA S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 5ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES DA ALGAR TELECOM S/A B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 2ª (SEGUNDA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES DA PBH ATIVOS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Atribui Rating ‘AAA(bra)’ à Proposta de 14ª Emissão de Debêntures da Rumo Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
14/05/2020
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES DA SANESALTO SANEAMENTO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES DA SANESALTO SANEAMENTO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PARA A ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 7ª (SÉTIMA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES DA RESTOQUE COMÉRCIO E CONFECÇÕES DE ROUPAS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PARA A ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 9ª (NONA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES DA RESTOQUE COMÉRCIO E CONFECÇÕES DE ROUPAS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
13/05/2020
PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PARA OS TITULARES DAS DEBÊNTURES DA 5ª EMISSÃO DA TRIÂNGULO DO SOL AUTO ESTRADAS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 1ª, 2ª, 3ª, 4ª E 5ªSÉRIES DA EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA DÉCIMA SEGUNDA EMISSÃO DA BR PROPERTIES S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 9ª (NONA) EMISSÃO DE DEBÊNTURESDA RESTOQUE COMÉRCIO E CONFECÇÕES DE ROUPAS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 7ª (SÉTIMA) EMISSÃO DE DEBÊNTURESDA RESTOQUE COMÉRCIO E CONFECÇÕES DE ROUPAS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DOS TITULARES DE DEBÊNTURES DA 7ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA RESTOQUE COMÉRCIO E CONFECÇÕES DE ROUPAS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA TERMELÉTRICA PERNAMBUCO III S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA TERMELÉTRICA PERNAMBUCO III S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
12/05/2020
AVISO AOS DEBENTURISTAS DA 6ª EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Atribui Rating 'AA (exp)(bra)' à Proposta de Emissão de Debêntures da Norte Energia Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
Fitch Coloca em Observação Negativa Rating das Debêntures da VERT-2; Risco FIDC Fortbrasil Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
11/05/2020
ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DOS DEBENTURISTAS DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
08/05/2020
PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PARA A ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 7ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES DA CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 7ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA CONCESSIONÁRIA DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE GUARULHOS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA CONCESSIONÁRIA DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE GUARULHOS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
07/05/2020
Fitch Afirma Rating 'A- (bra)' da 1ª Emissão de Debêntures da Aquapolo; Perspectiva Estável Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 5ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA TRIÂNGULO DO SOL AUTO ESTRADAS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DOS TITULARES DE DEBÊNTURES DA 9ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA RESTOQUE COMÉRCIO E CONFECÇÕES DE ROUPAS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA ASSEMBLEIA GERAL DOS DEBENTURISTAS DA PRIMEIRA SÉRIE DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INBRANDS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA ASSEMBLEIA GERAL DOS DEBENTURISTAS DA PRIMEIRA E DA SEGUNDA SÉRIE DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INBRANDS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA ASSEMBLEIA GERAL DOS DEBENTURISTAS DA SEGUNDA SÉRIE DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INBRANDS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
06/05/2020
EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIAS GERAIS DE DEBENTURISTAS DA 1ª E 2ª EMISSÕES DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA ASSEMBLEIA GERAL DOS DEBENTURISTAS DA PRIMEIRA SÉRIE DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INBRANDS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA ASSEMBLEIA GERAL DOS DEBENTURISTAS DA SEGUNDA SÉRIE DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INBRANDS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA ASSEMBLEIA GERAL DOS DEBENTURISTAS DA PRIMEIRA E DA SEGUNDA SÉRIE DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA INBRANDS S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
05/05/2020
Fitch Atribui Rating ‘BBB(exp)sf(bra)’ a Debêntures da DMCard Securitizadora; Perspectiva Negativa Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
04/05/2020
Fitch Afirma Ratings da Ecorodovias em ‘AA(bra)’; Perspectiva Negativa Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 5ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA MGI – MINAS GERAIS PARTICIPAÇÕES S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 1ª (PRIMEIRA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA TERMELÉTRICA PERNAMBUCO III S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 1ª (PRIMEIRA) EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA TERMELÉTRICA PERNAMBUCO III S.A. B3 – Elaborado por ANBIMA
Fitch Afirma Rating Nacional 'BBB(bra)' da Solví e da Essencis; Perspectiva Revisada para Estável Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA
Fitch Afirma Ratings 'D(bra)' da 1ª Emissão de Debêntures de Viracopos Fitch Ratings - Elaborado por ANBIMA

« Notícias Anteriores | Próximas Notícias »

Ao obter informações através deste site você declara conhecer e aceitar os termos de exoneração de responsabilidades e de direitos autorais da ANBIMA.